Hoje em dia, quando se fala em exercício físico, o principal motivo é a perda de peso. De maneira quase unânime, a maioria das pessoas que buscam uma atividade física pela primeira vez têm como objetivo diminuir os números da balança. Além disso, atualmente há uma série de modalidades físicas disponíveis para serem praticadas nos mais diversos ambientes de atividade física. Se você buscar por uma lista de exercícios físicos, verá que a quantidade é imensa! Entre eles, há o pilates!

Depois de ganhar popularidade nos últimos anos, o pilates tem sido uma atividade física buscada por muitas pessoas e dos mais diversos perfis: homens, mulheres, jovens, idosos, grávidas, etc. Por ser bastante versátil e pelos seus vários benefícios, o pilates acabou sendo uma atividade física que encanta! Apesar de ser bastante conhecida, a prática ainda gera algumas dúvidas e uma delas é muito, muito recorrente.

Mas, afinal, o pilates emagrece?

Para entender melhor o papel do pilates no emagrecimento, é preciso trazer à luz algumas informações sobre como a prática funciona.

O pilates é um treino que atua diretamente sobre os músculos do corpo, fortalecendo-os, definindo-os e fazendo com que as articulações se tornem ainda mais resistentes e, inclusive, menos propensas a sofrerem fraturas. O principal diferencial da prática do pilates é que a base para os exercícios é o peso do próprio corpo, ou seja, não é utilizada nenhuma carga e o seu próprio corpo é quem trabalha, o que ajuda no desenvolvimento da força, do equilíbrio, na definição dos músculos e na melhora da postura.

Considerando que o pilates atua diretamente sobre o fortalecimento e definição dos músculos, há duas outras informações importantes a respeito da relação entre o pilates e o emagrecimento: como qualquer atividade física, a prática do pilates contribui para a aceleração do metabolismo e isso, sim, atua fortemente na perda de peso. A outra informação é que, como já dito, o pilates também favorece a formação de músculos e isso gera um gasto calórico mesmo enquanto a pessoa está parada.

Resumindo: a prática do pilates é uma excelente ajuda para quem busca perder peso, mas mais uma ajuda do que o ponto principal. Sozinho, o pilates pode precisar de muito tempo para começar a exibir resultados satisfatórios na balança. Nestes casos, ele é extremamente eficiente quando combinado com uma boa alimentação e outras atividades físicas com gastos calóricos elevados, como muai thai, por exemplo. Abaixo, você pode conferir uma lista com os 3 principais benefícios do pilates como ajuda no processo de emagrecimento.

Ajuda a aliviar a ansiedade

A prática do pilates é inovadora pois envolve um trabalho de corpo e mente, aumentando a capacidade de concentração, melhorando a respiração e, então, aliviando a ansiedade.

A ansiedade em excesso ocasiona a liberação de substâncias como a adrenalina e o cortisol, o que pode resultar em acúmulo de gordura no corpo e diminuição da massa muscular. Como se já não fosse o suficiente, a ansiedade também pode levar a um aumento no consumo de alimentos calóricos, o que pode gerar um aumento no peso.

Melhora na postura

O pilates é um dos exercícios mais procurados por quem busca uma melhora na postura. Por trabalhar com os músculos e por proporcionar uma consciência corporal, a postura acaba sendo beneficiada com a prática. Assim, o corpo fica esguio e isso faz com que ele pareça mais magro.

Ajuda na flexibilidade

O fortalecimento dos músculos ocasionado pelo pilates deixa o corpo mais flexível e isso beneficia quem sofre com dores e tensão muscular. Assim, auxiliando nestes problemas, a prática do pilates pode auxiliar no desempenho de outras atividades físicas.

Que tal começar 2017 de maneira diferente? No Espaço Boa Forma, o pilates marca presença. Equipado com os melhores aparelhos e acessórios para a prática, o estúdio ainda é amplo, climatizado e de fácil estacionamento. Conheça o Espaço Boa Forma e agende uma aula experimental gratuita!