Quando o assunto é exercício físico, a academia é o ambiente clássico que vem à mente. Um espaço amplo, com uma variedade tão grande de equipamentos que, na maioria das vezes, nem sabemos para que servem e como devem ser utilizados. Há quem se anime com esse ambiente, mas há quem tenha calafrios só de pensar em ir para a academia, seja pelo lugar ou pelo tipo de exercício. A boa notícia é que, ao contrário do que muitos pensam, é possível conquistar uma saúde em dia e um corpo malhado sem precisar frequentar a academia.

Também é fato que tudo aquilo que é feito com prazer, rende mais e melhor; essa premissa não é diferente para as atividades físicas: quando você descobrir do que realmente gosta, todo esse cenário mudará. E, para isso, é preciso que você tenha conhecimento sobre duas coisas: si mesmo e quais são as opções.

Se você é o tipo de pessoa que não gosta de academia e está procurando por alternativas que te façam se apaixonar pela atividade física, o post de hoje é para você!

Para quem não gosta de muita gente

Geralmente, as academias são ambientes que acomodam uma boa quantidade de pessoas juntas; ainda mais se os horários que você tem disponíveis são, justamente, os de pico.

Na maioria das vezes, quem não se anima muito em malhar com muita companhia são as pessoas que preferem uma atenção mais individualizada durante a atividade, o que é mais do que excelente, já que os riscos de realizar movimentos errados e acabar se prejudicando são consideravelmente menores quando há supervisão.

Se você sofre com limitações físicas ou algum problema ósseo, lombar ou muscular, por exemplo, os exercícios em grupos menores e com maior supervisão são bastante recomendados. Entre as opções de atividades físicas mais individualizadas estão: pilates, yoga, exercícios com personal trainer, etc.

Para quem não gosta do ambiente da academia

Como já foi dito, uma das maiores reclamações de quem não gosta de academia é, de fato, o aglomerado de pessoas. Mas o ambiente também pode incomodar quem gosta de mais tranquilidade; às vezes, a pessoa já passa o dia todo sob estresse, ligado no 220V e, ao final do dia, ainda tem de lidar com academia lotada, música alta, luzes piscando, espera para usar os aparelhos… Nestes casos, as atividades de relaxamento podem ser mais interessantes: natação, caminhada, yoga e, novamente, o pilates podem ser boas opções.

Para quem não gosta dos exercícios

Os movimentos clássicos de academia são os de musculação. “Puxar ferro”, como é muito comum, nem sempre agrada a todos; na maioria das vezes, os ditos exercícios em aparelhos de academia podem passar a sensação de desgaste e cansaço excessivos e isso pode desanimar quem não está habituado com a prática, fazendo-o desistir facilmente.

Mas para quem quer se livrar dos equipamentos de academia sem abrir mão dos resultados e, sobretudo, do trabalho muscular, uma das melhores opções hoje em dia é o neopilates: uma mistura dos movimentos do pilates, com o trabalho funcional e a arte circense, a atividade tem um gasto calórico incrível e um trabalho muscular intenso.

Em qualquer lugar que você busque por atividades físicas eficientes e fora da academia, você com certeza vai encontrar o pilates. Não é à toa que citamos a atividade em quase todas as dicas deste post!

Isso porque o pilates vem tomando cada vez mais espaço e adeptos, já que é uma atividade física diferente do que se encontra comumente por aí e os benefícios são vários para além dos que já conhecemos nos exercícios de academia.

Por que o pilates pode ser a solução para quem não gosta de academia?

Por diversos motivos: ambiente, movimentos, benefícios, aparelhos e modelo de aula são só algumas das vantagens que fazem do pilates o sucesso que ele é atualmente.

O ambiente é tranquilo e sem poluição sonora e visual, excelente para quem busca por momentos de desestresse. Um dos maiores benefícios do pilates, inclusive, é o trabalho que integra o corpo à mente, trabalhando alongamento, consciência corporal e respiração ao passo em que trabalha os músculos do corpo.

Os movimentos também são um ponto forte do pilates: por se tratar de um exercício de baixo impacto, pode ser praticado por quem sofre com os mais diversos problemas de saúde sem oferecer riscos. E por falar em riscos, o pilates é uma atividade mais individual e de pequenos grupos; diferente das academias, é muito difícil encontrar uma aula de pilates abarrotada de gente. Assim, tanto o professor quanto o aluno conseguem focar mais nos movimentos, garantindo eficiência e segurança.

Por que o neopilates pode ser a solução para quem não gosta de academia?

Se você se interessou por todas as vantagens e benefícios oferecidos pelo pilates, mas ainda procura por um exercício com mais dinamicidade, o neopilates foi feito para você!

Com todos os benefícios do pilates que já citamos acima, o neopilates se destaca pelo elo que estabelece com as práticas do circo. Alguns dos exercícios são realizados sob bases instáveis como a tradicional bola suíça, os tecidos suspensos e o aro de metal para movimentos aéreos. Essa seleção de movimentos realizados sobre bases estáveis faz com que o corpo precise trabalhar muito mais para se manter equilibrado, o que auxilia e muito nos resultados musculares. Assim, além do benefício do corpo desenhado, há também um interessante gasto calórico por aula! Ou seja, você não perde em nada para os exercícios físicos realizados em academia.

Agora que você já conhece as soluções para o seu desinteresse com a academia, não há desculpas para não se exercitar! Quer conhecer mais sobre como funciona o pilates e o neopilates no Espaço Boa Forma? Confira!

COMO É O PILATES NO ESPAÇO BOA FORMA

equipamentos neopilates